Arquivo de novembro de 2009

aos que saíram de casa

  Meu pai gostava (ainda gosta, mas o colesterol…) de comer lanche no prato, fritar o próprio bife na velha e gastada frigideira e untar o pão que se escurecia pelo lado de dentro – para logo mais ser novamente embranquecido pela maionese –, unido para sempre às fatias de alface e tomate que se grudavam. […]

Breu

Pontos luminosos, como vagalumes, guiam meu caminho até o ponto de ônibus, mais ou menos uma hora depois de saber que o blackout que me pegou desprevenido, à beira do bar, não estava circunscrito só à região contornada pela minha vista. Recebo a ligação de meu irmão, na Paulista, que dizia estar fodido, sozinho em […]