Categoria: sorry periferia

Sobre os problemas de hospedagem e domínio com o IG Empresas

Após duas semanas fora do ar, o A Nível de volta, mas volta .org e com novos integrantes. Como disse Lorelei Lee, agora somos uma entidade sem fins. Não que os tivéssemos antes. Vou contar o que aconteceu. Que fique registrado nos anais do Google e do Cadê para alguém que esteja pesquisando se vale […]

Breve história sobre o “A Nível de”

Só para não deixar no ar uma introdução – ui – ao nosso objetivo quando decidimos eregir – ui – um condomínio de blogs, explico: não queríamos muita coisa. A maior parte dos que blogam aqui o fazem há uns cinco anos, alguns mais – eu comecei no News Associados (blog dos amigos de classe […]

POR CONTA DE UMAS QUESTÕES PARALELAS, QUEBRARAM O MEU BANDOLIM

Um insistente cheiro de alcova paira sobre este hebdomadário virtual. As tiriricas crescem por entre os vãos dos posts e não há muito que eu consiga fazer quanto a isso neste momento. Então, como diria Luana Piovani a Dado Dolabela: “O melhor a fazer, meu bem, é dar um tempo” – apesar da referência, prometo […]

POR ISSO CUIDADO MEU BEM, HÁ PERIGO NA ESQUINA…

Entraram neste blogue procurando por: eu quero a mãe do vives do sorry periferia** fernando fernandes pelado penugem na cara vasos ideal standard patolar espirito negão suzane cotação de azeitona bolacha hipopo marcos ricca pelado judeus famosos gostosas de presidente epitacio em ponografia vivi e o labrador tira calça jeans poe o fio dental morena […]

UMA SAIDEIRA, MUITA SAUDADE, E A LEVE IMPRESSÃO DE QUE JÁ VOU TARDE

Tecnológico leitor: como diria João Dória Júnior, o Princesão do Jardim Europa: cansei. Após 4 anos de fidelidade – ou seria preguiça? – ao Blogger BR, a junta militar que controla este hebdomadário virtual resolveu tomar uma atitude ao mesmo tempo drástica e letárgica: fugir rumo ao WordPress tal qual Moisés ao Egito, provavelmente demorando […]

A CARNE É FRACA E O BOI NÃO LAMBE, POIS O BOI SABE A CERCA ONDE FURA*

Minha reputação já foi melhor, e este blog já teve mais a ver. Entraram neste hebdomadário virtual procurando por: taradas.com travestis jundiaí (6 vezes. Tá crescendo – ui) vitor fasano pelado victor fasano pelado emanuelle a rainha da galáxia silvestre stallone pelado karen cunsolo jorge lafond pelado receita de picolé chicabom jogador do são paulo […]

DAS COISAS QUE BUSCARAM NA INTERNET E CAÍRAM NESTE BLOG*

travesti jundiaí (três vezes) patolada (duas vezes) jogador do são paulo corno (duas vezes) janelas austríacas típicas marimbondos de fogo (duas vezes) pólo aquático para surdos corizza sexo na periferia jorge lafond jornalismo carnavalesco parapa pa pa pa pa letra cabelereiro soho brigadeiro historias que nossas babas nao contavam * estatísticas referentes a busca no […]

SE O DIRCEU DANÇA, EU DANÇO

Recebi uma carta acalourada na redação de SorryPeriferia. A remetente é a leitora e fã Henriqueta Corazza, que disse o seguinte: Voluptuoso Vives, tenho tido sonhos eróticos com sua pessoa. Admiro-te incondicionalmente. Imagino todos os dias essas tuas mãos, com essa tez semi-albina, a acariciar minha pele; sonho com o calor compartilhado por nossos corpos, […]

JOKERMAN DANCE TO THE NIGHTINGALE TUNE

– Não te assustes, disse ela, minha inimizade não mata; é sobretudo pela vida que se afirma. Vives: não quero outro flagelo.  – Vivo? perguntei eu, enterrando as unhas nas mãos, como para certificar-me da existência.  – Sim, verme, tu vives. Não receies perder esse andrajo que é teu orgulho; provarás ainda, por algumas horas, […]

OS DEDOS DA GALHOFA E AS TECLAS DA MELANCOLIA

Tudo passa. Até uva passa, já diria Schopenhauer. Menos a onda de calor no inverno, a de frio no verão e a de furacões onde antes só havia uma chuvinha assim-assim. Parece que os planos para minha aposentadoria – viver em Ubatuba com um chapéu Panamá, dois cachorros e um monte de livros pra ler […]

Página 1 de 212