Categoria: sonhos

Dois sonhos

1. Urso Negro Sonhei que fazia uma ponta em Cisne Negro. Não no filme, e sim no balé, mas o balé era mesmo com a Natalie Portman. Meu papel era basicamente ficar de cueca dentro de um box que havia no meio do palco. A um sinal de Natalie, quando ela virarava o cisne negro, […]

Jundiaí, a Los Angeles paulista

Fazia tempo que eu não tinha sonhos bizarros, então posso dizer que sentia falta. Pois no sábado, eles voltaram: sonhei que foi anunciado por geólogos uma grande mudança na estrutura da crosta terrestre. Basicamente as coisas iriam mudar de lugar, mas sem grandes prejuízos físicos – o único agravante maior seria a mudança dos pólos […]

No rastapé da Poppovic em POA

Sonhei que eu e o Corazza fomos convocados para cobrir a festa de aniversário da Silvia Poppovic, que ocorreria numa segunda-feira à tarde no Shopping Praia de Belas, em Porto Alegre. Seria um café da tarde comemorativo. Até onde sei, a Poppovic tem a mesma relação com Porto Alegre do que eu, ou seja, nenhuma, […]

EU QUERO QUE VOCÊ SE… TOP TOP UH

Sonhei que havia uma cidade portuguesa no litoral paulista, bem no meio de onde hoje é Ubatuba. Os portugueses que lá viviam eram todos vestidos como em Portugal dos Quinhentos, bem no estilão Pedro Álvares Cabral, mas os brasileiros eram maioria e usavam roupas convencionais de quem está em Ubatuba para veraneio. Cheguei lá em […]

UMA SOLUÇÃO ECOLOGICAMENTE RADICAL

Tive um pesadelo de inspiração Shyamalaniana esta tarde. Talvez o pão de berinjela do almoço não tenha caído bem. Primeiro, cabe contextualizar: neste sonho, São Paulo era uma cidade de túneis. Havia uma quantidade enorme deles, a grande maioria dos quais passando sob rios e correntes subterrâneas de água limpa. Coisas estranhas começaram a ocorrer. […]

ESCANCARANDO DE VEZ

Sonhei que fui ver ao vivo uma partida de basquete num ginásio qualquer. Não lembro quais eram os times. Tudo que lembro é que o pontapé inicial – no caso do basquete, quando a bola é jogada para cima – foi dado pelo Elymar Santos. Não tenho nenhum comentário a fazer sobre isso.

A HORA EM QUE A CRIANÇA CHORA E A MÃE NÃO VÊ

Sonhei que abandonei fisicamente o local que trabalho e passei a despachar em uma espécie de pousada para pessoas que trabalham. Explico: é como uma pousada, no meio de uma selva, mas com todo mundo com seu notebook e um telefone ao lado. Todos eram obrigados a trabalhar três horas sem parar e, em seguida, […]

UM POST ABSOLUTAMENTE SEM SENTIDO

Sonhei que fui incumbido de voltar no tempo para a fazer a autópsia de Antônio Carlos Magalhães, uma vez que alguém tinha-me encomendado a biografia dele. Na autópsia, coisas importantes seriam descobertas. Tento recordar de como eu sabia que era importante comparecer à autópsia, se alguém me disse durante o sonho ou se eu investiguei […]

AMAZÔNIA (E O VIVES) EM CHAMAS

É inacreditável, mas sonhei que ganhara uma chácara no Acre e pra lá parti após deixar o emprego. Senta aí que a história é longa e bizarra. O objetivo era viver no mato por uns tempos e… escrever um livro. Aparentemente algumas semanas se passaram até que fui notificado de que a Ministra do Meio […]

NOVA IORQUE, MINAS GERAIS

Sonhei que havia comprado um pacote de viagens da CVC – eu nunca faria isso – pra Nova Iorque. Chegando lá, um espanto: não estava em Nova Iorque coisa nenhuma, e sim em Ouro Preto travestida de Nova Iorque. Explico: cada igreja estava coberta por um papelão gigante que simulava os arranha-céus novaiorquinos. A Igreja […]

Página 1 de 212