Categoria: jundiaí

Dois causos interioranos sobre a Sexta-feira da Paixão

No interior até os anos 1970 era bem comum a existência dos circos mambembes. Aquele filme O Palhaço, do Selton Mello, relata a decadência desses circos com a ascensão da TV naquela época. Hoje os circos ainda resistem, mas aqueles ultra-precários nos quais o palhaço é também o mágico, o domador do leão raquítico e […]

Na busca incessante por um parafuso de privada, o meu momento consumidor

Há momentos na vida em que é preciso apertar os parafusos para tudo ficar bem. No caso, há um ano que eu procurava um novo parafuso pro assento sanitário de casa, mas nenhuma loja tinha aquele tipo específico pra vender. Foi um ano todo a levantar e descer a bacia da privada, com aquele buraco […]

Iron Maiden é o Túlio Maravilha do rock pesado

Não simpatizo com o Iron Maiden, mas devo reconhecer neles o mérito de ser uma espécie de Túlio Maravilha das bandas de rock pesado: o auge do sucesso ficou em algum lugar do passado, mas ainda fazem pose de maus, e agora percorrem o Brasil em turnê da mesma forma com que Túlio, aos 41 […]

COMO SI FUERA ESTA NOCHE DE MARZO LA ÚLTIMA VEZ

Pá pá rá, pá pá rá rá rá rááááááá rá Descobri algo da mais obscura relevância neste fim de semana: Ray Conniff já fez um show em Jundiaí. Muito mais que isso: fez um show na noite em que nasci, um domingo, 29 de março de 1981. Foi como se descobrisse que meu pai não […]

"DEVAGAR AS JANELAS OLHAM", OU "CAPÍTULO DAS PECULIARIDADES INTESTINAS"

Descoberto, enfim, em que Jundiaí conseguiu o seu tronoAh, o romantismo das cidades do interior. Jundiaí transpira ares bucólicos, Jundiaí transpira nostalgia, Jundiaí… foi evacuada na última segunda-feira porque a gurizada do PCC explodiu umas bombas na praça da Igreja Matriz e fez a galera correr pra casa na maior vula, com a mão na […]

ENQUANTO ISSO, NA SALA DE JUSTIÇA…

Jundiaí, 28 de dezembro de 2004. Manchete do Jornal da Cidade: COXINHA MANDA CRIANÇAS PARA O HOSPITAL As pessoas precisam ficar atentas ao que comem na rua. No final de semana, crianças que comeram coxinha de uma pastelaria tiveram de ser internadas. Lar, doce lar.

MAGAIVER SACODE MERCADO LITERÁRIO JUNDIAIENSE

Após o sucesso dos livros Jornalismo Canalha, de José Arbex. Jr., e Deus é inocente; A imprensa não, de Carlos Dorneles, as livrarias receberam assustadas o lançamento das obras Jornalismo Calhorda e Deus é inocente; o Vlad não, escritos pelo jornalista e inimigo número um das lixeiras de corredor, Eugênio Luís Magaiver. A obra Deus […]