Arquivo de julho de 2009

viro e mexo tropeço nas quinas daquela história. uma por uma das quinas daquele amor. o amor que você deixou. justamente por ter tantas quinas. eu nunca soube lidar com as tuas quinas. e você sempre teve tantas delas. você sempre soube do meu desjeito. sempre soube que uma hora ou outra meu passo torto […]

pela configuração espontânea das coisas

22 de julho de 2009.