Perfil

Zangari menor

Felipe Zangari, 28 anos. Brasileiro. Jornalista (primeiro, por ofício; depois, por formação; hoje, por paixão).

Estou no jornalismo desde 2002. A primeira experiência na área aconteceu ainda nos órgãos laboratoriais da Faculdade Cásper Líbero, onde eu me formei em 2005. Dei os primeiros passos da minha trajetória profissional no projeto da Rádio Valinhos Comunitária FM, ainda em 2002. Lá comecei como estagiário e hoje colaboro como consultor.

Foi lá também que conheci os amigos que me levaram para trabalhar por outros prefixos. Fui repórter e produtor esportivo nas rádios Nova Sumaré,  Brasil-Jovem Pan e Central, todas na região de Campinas.

Em 2005 tive o primeiro “pulo do gato” na minha vida. Fui aprovado no programa de estágio da TV Globo, em São Paulo, e me mudei pra capital, depois de três anos viajando diariamente pra estudar. Na Globo, fiz parte das equipes do Globo Esporte, do Esporte Espetacular e do SporTV, atuando como produtor e editor. Ali trabalhei em 2005 como estagiário e em 2006 e 2007 por contratos temporários. Creio que essa foi a mais marcante experiência profissional que já tive.

Passei também, ainda que rapidamente, pela Boxnet (empresa de análise de mídia) prestando serviços ao Governo do Estado de São Paulo, e pelo Jornal Bom Dia, em Jundiaí-SP. Meu último trabalho nas redações havia sido como editor na RedeTV!, no final de 2006 e durante o ano de 2007.

Em 2008, o gato pulou de novo. Deixei a atividade profissional para ingressar no Seminário da Arquidiocese de Campinas. Depois de um ano no curso Propoedêutico e de dois anos na Faculdade de Filosofia, estudo atualmente na Faculdade de Teologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Na atuação pastoral, trabalhei entre 2008 e 2009 na Paróquia São Paulo Apóstolo, em Sumaré. Hoje atuo na Paróquia Sant’Ana, em Campinas, e participo como Conselheiro do movimento das Equipes de Jovens de Nossa Senhora, tanto numa equipe de base em Vinhedo quanto no Regional São Paulo II. Em projetos da Arquidiocese de Campinas, participei da Equipe Executiva de Pastoral, auxiliei na Equipe Dinamizadora do 7° Plano de Pastoral Orgânica e foi assessor da Pastoral da Comunicação da Arquidiocese, desenvolvendo projetos na área de jornalismo comunitário.

No início de 2013, pedi afastamento do seminário. Percebi que precisava reavaliar minha vocação. E voltei pro jornalismo. Hoje sou editor do jornal Folha de Valinhos.

Um bate-bola comigo mesmo:

Numa frase: Um cara que adora ter amigos por perto;

Religião: cristão católico;

Visão política: esquerda-liberal;

Time: Palmeiras;

Cidade natal: São Caetano – SP;

Paixões: Jornalismo, a Fé, minha família e meus amigos;

Livros: Hiroshima (John Hershey), Notícia de um Sequestro (Gabriel García Márquez), A Montanha dos Sete Patamares (Thomas Merton), A Era dos Extremos (Eric Hobsbawn);

Música: prefiro MPB;

Programas de TV: quase todos, menos os que apelam pra miséria das pessoas;

Filmes: comédias, sempre!

Cozinhas: uma salada e uma carne. O que vier a mais é lucro!

2 Comentários

Assine o feed RSS dos comentários deste post.
  • fala felipão…
    blog muito bom… continue firme e colocando no ar notícias sérias….
    abraços

  • Fala cara, devido à falta de Zangaris no mundo acho que devemos ser parentes. Muito bom o seu blog! Se tiver um tempo da uma passa no meu.
    http://blogdozanza.blogspot.com

    abs

Comente

Seu email não será exibido. * Campos obrigatórios

*
*
*