Arquivo de janeiro de 2010

Quando…

…não se tem mais nada, nem chão nem escada, escudo ou espada, o seu coração acordará! Quando estiver com tudo, lã, cetim, veludo, espada e escudo, sua consciência adormecerá! Quando se acabou com tudo, espada e escudo, Forma e conteúdo, Já, então, agora dá para dar amor”                                                                                                                 (Nando Reis, Mantra) Esvaziar-se para amar, Partilhar-se  no […]

Zilda Arns chega ao céu pra renovar nossa esperança

As imagens do Haiti são um cruel retrato da morte. As tristes feições que acompanhamos pela TV e os sempre emotivos relatos de correspondentes ou pessoas envolvidas com a tragédia apunhalam o coração daqueles que, de longe, não conseguem nem imaginar o que é perder tudo – inclusive a vida de amigos e familiares – num […]

As perguntas sobre “Lula”

Na faculdade, sempre fui um fiasco nas disciplinas de opinião. Não tenho dom pra editorialista, articulista… pra crítico cultural então, menos ainda. Mas ontem eu fui assistir ao filme “Lula, o filho do Brasil” e saí do cinema com um sonoro “e aí?” ecoando na cachola. Não entendo lhufas de técnica cinematográfica, mas fiquei positivamente […]

Devaneios sobre os primórdios de 2010

* O ano começou agitado. Os impactos das fortes chuvas no litoral do sudeste e em cidades como Cunha e São Luiz do Paraitinga (SP) trouxeram um clima chato ao tradicional otimismo dos começos de ano. Feliz ano novo mesmo tiveram os comerciantes, que superaram – na maioria dos setores – as vendas em relação a […]